SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

sábado, 23 de novembro de 2013

Vamos viajar? Um destino delirante em Paris...




Quando se pensa no Triângulo de Ouro de Paris – formado pelas avenidas Montaigne, Georges V e Champs Elysées –, a primeira imagem que vem à cabeça são as tradicionais grifes de alta-costura e os destinos mais caros e prestigiados da capital francesa. Mas para além do luxo já conhecido, o designer francês Philippe Starck criou, em parceria com orestaurateur canadense Claude Louzon, o Miss Kō, especializado em culinária oriental. De acordo com os próprios criadores, a ideia é que a casa seja muito mais do que um simples restaurante, misturando arte, comida e curiosidades.

Situado na avenida Georges V, o Miss Kō leva quem o visita à outra dimensão. O décor é uma instalação de arte em constante evolução - em que cada detalhe foi cuidadosamente pensado para contar a história da heroína imaginária que empresta seu nome ao local. A ambientação de Philippe Starck encena o mistério de Miss Kō, uma eurasiática de rosto desconhecido que revela-se nua em um corpo inteiramente coberto de tatuagens.


No restaurante de 500 m², entre o movimento frenético da cozinha e os aromas peculiares que invadem o salão, destacam-se os elementos-chave do décor. Telas de LCD ao longo do comprido bar transmitem noticiários asiáticos ao vivo, interrompidos por dragões imaginários. Nas paredes, um afresco gigante de David Rochline conta, em 15 metros de arte, a história da heroína do local. Além disso, um enorme lustre em formato de bule compõe o ambiente - assim como grãos de arroz projetados nas paredes se movem formando rostos mutantes. Em cada canto, é possível notar influências do extremo oriente mixadas harmoniosamente com peças de design contemporâneo. Tudo faz uma clara alusão - como assumem os criadores da casa -, ao universo cyberpunk do filme Blade Runner, de Ridley Scott.

Para ajudar na criação desse espaço multissensorial, foi convidado o light designer Jean-Philippe Bourdon, que usou luzes néon para disfarçar a noção de teto e focar a atenção nas mesas, balcões e rotas de passagem. A imersão no clima futurista oriental fica completa com a trilha sonora criada pelo DJ Orstem Karki. Já o perfumista Rami Mekdachi compilou as fragrâncias que tornam o Miss Kō um lugar singular.

Apesar da avalanche de sensações, a culinária do restaurante ainda resiste como atração principal. Inspirada na visão de um futuro globalizado onde a Ásia é o novo epicentro do mundo, ela mistura a cozinha francesa com as tradicionais receitas daquele continente. Com 200 lugares, Miss Ko é um restaurante para exercitar todos os sentidos. “É uma fantasia criada a partir do zero. Um cadáver requintado, uma colagem louca, repleta de criatividade sem limites, onde os artistas são livres e a tecnologia mostra um futuro emocionante em que a indústria se torna arte", define Starck com poesia.






































Fonte: Casa Vogue

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...