SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

sexta-feira, 25 de maio de 2018

SAUDADES QUE RIEM - por Ana Jácomo


Existem saudades que sabem rir. São as minhas preferidas. Algumas, nascem sabendo. Outras aprendem, depois de transformar o choro.

Como borboletas, voam pelos jardins da memória, abraçam as lembranças mais viçosas, e saboreiam o néctar, sempre disponível, das alegrias perenes.



© ANA CLÁUDIA SALDANHA JÁCOMO
In Cheiro de flor quando ri 1
(publicado em 13 de Novembro de 2008)

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...