SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

sexta-feira, 6 de abril de 2018

INCOMUM


Suspiro. Olho. Suspiro. Observo. 
Tropeço em mim mesma.
Caio. Levanto. 
Rio das minhas tristezas. 
Choro com as minhas alegrias. 
Nunca consegui adequar-me. 
Faço do (in)comum, o comum. 
Quem quiser conviver comigo
jamais conhecerá a normalidade. 
Tampouco será apresentado ao tédio. 

- Lígia Guerra -

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...