SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

sábado, 12 de março de 2016

O que você pode fazer no Espírito Santo, em Domingos Martins e Pedra Azul?



O que você pode fazer no Espírito Santo – Domingos Martins, Pedra Azul/?

"Foi num feriado de 3 dias que partimos do Rio de Janeiro rumo à serra capixaba. A cidade de Domingos Martins está a aproximadamente a 520 km do Rio, o que rendeu mais de 7h de viagem na estrada. Sim, a rodovia não se mostrou das melhores, visto que era estreita e um tanto mal sinalizada. Foi muito trânsito, de modo que no 1o dia, tivemos muito pouco tempo para turistar. Contudo, o centro não nos pareceu muito grande. Então, apesar de chegarmos tarde, foi suficiente para conhecer de uma forma geral o coração do centro turísticos e comercial de Domingos Martins. No 2o dia, percorremos o circuito turístico de Pedra Azul. E, no 3o dia, circulamos porGuarapari, já no litoral Capixaba, antes de voltarmos para o Rio. Acompanhe nossas principais fotos e impressões sobre esta viagem neste post

1o DIA – CONHECENDO O CENTRO DE DOMINGOS MARTINS

Domingos Martins não nos pareceu muito grande. Pelo contrário, fica a cerca de 50km da capital capixaba, o que favorece sem problemas um passeio bate e volta para quem reside em Vitória. Reservamos nossa pousada em bairro próximo do centro turístico – apesar de que hoje já teria feito diferente, optando pela região de Pedra Azul, conforme explicaremos mais adiante.

A pracinha é simpática, há um bom comércio no entorno e o coração do centro traz uma área mais temática, com ruas charmosas aludindo à imigração europeia que povoou a região no início de sua história. A própósito, lemos na web que há comunidades alemãs nas proximidades que inclusive mantem a comunicação em seu idioma oficial. Mas isso nós não encontramos nessa nossa viagem, não.


Centro de Domingos Martins, Serra Capixaba


Centro de Domingos Martins, Serra Capixaba


Centro de Domingos Martins, Serra Capixaba

O que encontramos foi sim um comércio interessante, opções de gastronomia e um ambiente bastante acolhedor, principalmente para família. Como uma típica cidade serrana, o inverno é sua alta temporada. Fomos um pouco antes disso, no final de maio, quando pegamos 9 graus numa tarde. Ali perto tem a exuberante serra e a alguns km, ainda tivemos um pouco do litoral para explorar, conforme descrevemos mais tarde

2o DIA – UM DIA EM PEDRA AZUL

No dia seguinte, passamos o dia fazendo Circuito de Pedra Azul, de carro mesmo, parando em alguns dos principais pontos turísticos da rota. Antes de chegar até lá, conhecemos um pouco das estradas que circundam e cortam outras cidades vizinhas, incluindo ponto com um dos passeios de trem da Serra Verde Express. Na época, tínhamos achado o preço do passeio um tanto salgado e deixamos para outra oportunidade. As vistas que encontramos ao longo do caminho já foram recompensadoras


Estrada de terra em Domingos Martins


Rio em Domingos Martins

Partimos rumo ao parque de Pedra Azul, distando aproximidamente 40 km de Domingos Martins. Chegando lá, ficamos fascinados com a beleza das montanhas. Em tese, esse nome se deve à cor azulada que a rocha assume em determinado momento do dia, através do reflexo das luzes do sol sob um liquen presente na rocha. Teorias à parte, o cenário foi apaixonante por si só.


PEPAZ – Parque Estadual da Pedra Azul, Domingos Martins


PEPAZ – Parque Estadual da Pedra Azul, Domingos Martins

Saindo Centro de visitante, fizemos uma pequena trilha dentro do parque, para sentir ainda mais a natureza da região, reduto de tanta riqueza em flora e fauna. A partir de então, buscamos seguir a Rota do Lagarto, uma espécie de passeio turístico que perpassa a região.

Foi inclusive nesta rota que percebemos a enorme infra-estrutura de hospedagem, com pousadas de muito charme e eco-resorts, além de arquiteturas de grande valor cultural, restaurantes que são referência em gastronomia e os cafés mais elogiados da região. Por isso, se deseja relaxar realmente na serra e sentir a energia ainda mais latente da natureza, não precisa nem se hospedar em Domingos Martins. Reserve em uma das opções de hospedagem em Pedra Azul, sem medo. Um dia até poderá fazer um bate e volta até Domingos Martins, mas as belezas especificamente de Pedra Azul já valem a viagem por si só.

Bom, a Rota dos Lagartos traz: começo na Pousada Pertele > PEPAZ (Parque Estadual da Pedra Azul)> Fjordland – Cavalgada Ecológica > restaurante italiano Don Lorenzoni Due > Restaurante Delícias de Portugal.

Essa era basicamente a sugestão dos folders que recebemos no Centro de Visitante, mas o Parque possui outras trilhas, assim como há outras rotas possíveis para se aventurar nos demais dias. Este link é uma boa referência de opções

Nós vamos trazer aqui abaixo as principais fotos justamente do Fjorland. Esse é um centro de cavalgadas ecológicas, mas também oferece outras pequenas estações para que o turista aprecie de forma livre. Experimentamos um café com paçoca e curtimos a vista incrível.


Fjordland – Cavalgada Ecológica – Parque Estadual da Pedra Azul, Domingos Martins


Fjordland – Cavalgada Ecológica – Parque Estadual da Pedra Azul, Domingos Martins


Fjordland – Cavalgada Ecológica – Parque Estadual da Pedra Azul, Domingos Martins


Helmen Cafe – Fjordland – Cavalgada Ecológica – Parque Estadual da Pedra Azul, Domingos Martins




Vista – Parque Estadual da Pedra Azul, Domingos Martins



Fjordland – Cavalgada Ecológica – Parque Estadual da Pedra Azul, Domingos Martins

Ao longo da rota, encontramos pontos de grande valor turístico e alguns mirantes fabulosos. As fotos ficaram um tanto comprometidas, por isso vou encerrar aqui as imagens sobre a Pedra Azul. O objetivo é passar uma visão geral, mostrando que é possível tanto fazer um turismo de aventura, com trilhas, assim como um roteiro de charme desfrutando da rede de hospedagem que aproveitou os encantos do parque para emoldurar opções únicas de lazer e hotelaria. Ainda, é possível seguir a rota toda a carro e fazer paradas previamente selecionadas, assim como descobrir novos caminhos, seja combinando rotas ou aproveitando alguma das agências de passeio que se estabeleceram na região. Ou seja, há um leque de opções que pode se adequar ao seu perfil de turismo. Era nosso penúltimo dia de viagem. Passamos a noite comendo pizza e ouvindo música ao vivo em um restaurante que parecia um galpão. Voltamos ao hotel e preparamos nossas malas para aproveitar o último dia da viagem."

Fonte:http://www.blogviagem.com.br/o-que-voce-pode-fazer-no-espirito-santo-domingos-martins-pedra-azul-

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...