SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

sábado, 9 de janeiro de 2016

"O Peso da Culpa " por Sylvio Do Amaral Schreiner


Tenho um problema com uma amiga minha. Sempre fomos amigas desde que éramos adolescentes. Temos 23 anos agora e sinto uma certa repulsa por ela hoje em dia. Não sei explicar o que acontece. Ela não para de reclamar da vida. Tudo está ruim para ela, qualquer coisa que acontece ela se sente a pior de todas as vítimas. É insuportável ficar ao lado dela. Nunca posso falar nada que ela já tem resposta para tudo e são todas bastante negativas. Não posso falar das coisas boas que me acontecem porque ela se sente mal, pois para ela está tudo ruim. Só que me sinto culpada por não querer minha amiga por perto. Sempre fomos muito próximas e fazíamos tudo juntas. Agora nem atendo o telefone quando vejo que é ela. Isso me faz me sentir uma péssima amiga. Como posso ajuda-la?

            A culpa é um dos piores sentimentos que podemos carregar, pois não só não resolve nada como também faz quem o sente carregar uma carga pesada. A culpa nasce quando achamos que temos responsabilidade por determinada coisa, mesmo que isso não seja verdade. O sentimento de culpa que você carrega vem do fato de você perceber que está podendo viver de uma forma melhor do que sua amiga.
            Sua amiga está identificada com um funcionamento bastante depressivo. Nesse funcionamento só há espaço para lamentações e vitimizações e jamais para algo que seja melhor e mais produtivo. Lamentar-se e se fazer de vítima é fruto da auto destrutividade que sua amiga alimenta. É compreensível que você se sinta desconfortável ao lado dela, pois não é fácil ter que tolerar quando alguém está envenenada com sentimentos altamente destrutivos.
            Hoje a amizade de vocês está abalada já que você não quer e nem precisa se identificar com o modo como sua amiga vive. Já experimentou conversar com ela sobre tudo isso que você sente? Já tentou se abrir com ela? Não sei se sua amiga pode ser capaz de escutar. Talvez sim, talvez não, no entanto é o que você pode fazer. Não há muito que você possa fazer a não ser se valer da verdade de uma maneira amorosa e respeitosa. Como ela vai reagir já não é da sua responsabilidade.
            No decorrer da vida, muitas vezes, aquelas pessoas que no passado foram tão importantes e próximas acabam se tornando pessoas que ficam apenas nas lembranças e não fazem mais parte do presente. A vida está em constante mudança e isso se reflete nos relacionamentos e em quem nos ligamos. O que no passado parecia fazer tanto sentido hoje já não faz mais. Só nos resta acolher as mudanças e aceitá-las. Culpar-se é inútil.

 Sylvio Do Amaral Schreiner

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...