SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

sábado, 5 de dezembro de 2015

FOTÓGRAFOS TRANSFORMAM COMIDAS DELICIOSAS EM ARTE MINIMALISTA





As fotografias de Pierre Javelle e Akiko Ida retratam um delicioso mundo de aventuras, onde miniaturas interagem com alimentos frescos. Trata-se de uma série chamada Minimian, que figura pequenos personagens em ambientes lúdicos e cheios de detalhes extravagantes. O projeto tem explorado artes visuais há mais de 13 anos.

Pierre e Akiko se inspiram em comida gourmet para criarem uma variedade de cenas minuciosamente trabalhadas, através de uma técnica fotográfica conhecida como inversão de proporção. Dessa maneira, os dois transformam seu amor por gastronomia em universos coloridos e fantásticos.

Quem gosta de cozinhar brincando, certamente vai adorar o trabalho de Akiko e Pierre. O portfólio deles contém mais de 60 obras e, segundo eles, cada fotografia demora um dia inteiro para ser idealizada, e mais outro para ser finalizada.

Akiko é japonesa, e Pierre é francês. Os dois contam que se conheceram durante um curso de fotografia na faculdade Arts Décoratifs, em Paris.

Pierre nasceu em Borgonha, na França. Sua atenção sempre foi atraída por fotografia, desenho e ilustração, e não demorou para essa paixão motivá-lo a estudar em uma escola de arte. As maiores influências de Pierre são Doisneau, Cartier-Bresson, Duane Michals e Francesca Woodman, artistas que serviram de modelo para seu estilo. Até hoje, as obras de Pierre são publicadas nas principais revistas gourmet do mundo todo, e suas fotografias são veiculadas em vários comerciais de TV.

Já Akiko Ida, ela sempre demonstrou um enorme interesse pelo mundo da gastronomia. Como de costume, Akiko prepara alimentos diferentes, bate fotografias dos pratos e depois classifica-os em seu computador. Após um certo tempo exercitando esse hábito, enfim ela inventou de colocar personagens minúsculos interagindo nas fotos.

Sobre o projeto Minimian, Akiko diz:

"Nós somos dois fotógrafos obcecados por cozinhar, comer e saber tudo sobre comida. Então, quando começamos essa pequena série de miniaturas, naturalmente, nós criamos histórias relacionadas com alimentos que adoramos."

Em entrevista para a revista Wired, Pierre contou que se apaixonava toda vez que ia na casa da avó, onde encontrava vasos de flores decorados com pequenos seixos e uma ponte de madeira. Ele diz:

"Eu fiquei fascinado com a composição dos seixos coloridos e aquela pequena ponte. Era uma paisagem deslumbrante que realmente me impressionou."

O francês afirma que os cenários minimalistas são ficcionais, mas também críticos, uma vez que, de forma descontraída, remetem às maiores preocupações ambientais de hoje, como o aquecimento global e o relacionamento não saudável do homem com a natureza, por exemplo. No entanto, Pierre ressalta que as obras não devem ser levadas a sério, pois o principal objetivo é fazer as pessoas sorrirem:

"Esse desejo de dominar, converter e escravizar a natureza é um pouco do que fazemos quando cozinhamos. Porém, o propósito dessas imagens, é, acima de tudo, agradar as pessoas. Acreditamos que a arte não está lá apenas para revelar injustiças e o horror do mundo. Ás vezes, é um meio sutil de transmitir mensagens críticas, mas a fronteira entre ativismo e expressão artística pode facilmente tornar-se turva."

Nas obras do projeto Minimian, ovos são transformados em montanhas, rosquinhas tornam-se campos de golfe, uvas passas viram pedregulhos, abacates são usados como rampas de skate, e bolas de sorvete representam ilhas paradisíacas.

Veja então algumas fotografias do mundo gastronômico delicioso e criativo de Pierre Javelle e Akiko Ida:























































*Site oficial do projeto

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...