SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

terça-feira, 2 de junho de 2015

A ARTE DO ENCONTRO

De nada adianta querer encontrar o grande amor, se você não estiver preparado para recebê-lo.


Um dia ela pensou em desistir do amor. Estava exausta de viver histórias mal resolvidas, relacionamentos instáveis e sonhos interrompidos. Passou a acreditar que romances só davam certo em livros, filmes e novelas.

Parou então de procurar a sua “metade da laranja” em qualquer esquina e deixou de criar tanta expectativa no outro. Em tempos líquidos em que nada é para durar, como afirma o sociólogo polonês Zygmunt Bauman, fica cada vez mais difícil acreditar que seja possível viver um grande amor.

Por mais que, lá no fundo, ela ainda quisesse ter alguém para dividir os sonhos, percebeu que o mais importante é saber cultivar e exercer o amor próprio, o que por muito tempo havia se esquecido de fazer. Dia após dia, ela aprendeu a amar novamente a si mesma, sem precisar depender de ninguém para ser feliz.

Mas foi justamente nesse momento de transformação, sabendo se respeitar como um ser único e completo, é que veio a vida e a colocou diante do verdadeiro amor. Costuma ser assim: quando menos se espera, ele acontece!

E foi desse jeito, de repente, que ela encontrou alguém que entendesse a sua alma e aquecesse o seu coração. Só então pode perceber porque seus relacionamentos anteriores não haviam dado certo. As outras histórias tornaram-se apenas lembranças de um passado em que ela achava que sabia o que era amar.

Entendeu também que assuntos delicados do coração não podem ser guiados com afobamento. Nada é pra já! A pressa faz com que a seletividade se perca no meio do desespero por conseguir o que se quer, mas sem saber o que realmente se busca.

A verdade é que não adianta procurar demais, criar mil expectativas, agir por impulso. O amor pra valer chega silenciosamente, sem fazer escândalo. Pode ser numa praia deserta, num parque florido ou em uma festa de amigos. Não importa onde nem quando. O que importa é que ele chega! Sem hora marcada nem data certa no calendário.

Vinicius de Moraes era quem sabia das coisas: 
“A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida”. Faz parte errar, sofrer desilusões e se perder no meio do caminho! Mas quando o encontro de duas almas especiais acontece, tudo flui deliciosamente.
© obvious 
PUBLICADO EM RECORTES POR 

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...