SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Raoul Dufy ganha mostra em Madri


Terraza junto a la playa, 1907, óleo sobre tela, 46 x 55 cm

A partir do dia 17 de fevereiro, o MuseuThyssen-Bornemisza se torna o palco da maior retrospectiva de Raoul Dufy em Madri desde a exposição que aconteceu, em 1989, na Casa de las Alhajas. As mais de 90 obras reunidas de colecionadores privados e museus – incluindo 36 trabalhos vindos do Centre Pompidou de Paris – desenham uma compreensiva linha do tempo da carreira do pintor francês.

Na mostra, a complexidade de seu processo, que comumente passa despercebida, fica clara em meio às populares cenas triviais que remontam os anos 1920, época em que seu trabalho já era bem conceituado pelos críticos. Sem ignorar a faceta inegavelmente hedonista do trabalho, a mostra se desapega de tal interpretação para lançar luz sobre a lenta evolução da linguagem particular do artista, sua busca por novas soluções visuais e, sobretudo, seu lado introspectivo.
R14 de julio, El Havre, 1906, óleo sobre tela, 54,6 x 37,8 cm

Além dos óleos, principal técnica usada por Dufy, foram escolhidos pelo curador Ángel López-Manzanares desenhos, aquarelas, tecidos e cerâmicas criadas durante sua prolífica carreira e divididos, sempre em ordem cronológica, em quatro grupos.

O primeiro, do Impressionismo ao Fauvismo, exibe seus trabalhos iniciais que retratam portos e mercados europeus; OPeríodo Construtivista revela a influência cubista que Cézanne teve sobre ele;Desenhos Decorativos desbrava seu período como designer de tecidos e de cerâmicas e, por fim, A Luz das Cores, mostra as criações maduras.

Raoul Dufy
Data: de 17 de fevereiro a 17 de maio
Local: Museu Thyssen-Bornemisza
Endereço: Paseo del Prado 8, 28014 - Madri, Espanha
Horários: de segunda a quinta e aos domingos, das 10h às 19h; sábados, das 10h às 21h
La gran bañista, 1914, óleo sobre tela, 244,6 x 189, 8 cm


Barcos y barcas, Martigues, 1907-1908, óleo sobre tela, 46 x 54,4 cm


El campo de trigo, 1929, óleo sobre tela, 130 x 162 cm


Jarrón con peces, 1924, cerâmica, 41,5 x 19 cm


Paisage de L'Estaque, 1908, óleo sobre tela, 65,3 x 54,5 cm


Plataforma marítima del casino Maria-Christine, Sainte-Adresse, 1906, óleo sobre tela, 64,8 x 80 cm


Sainte Adresse, el carguero negro, 1951, óleo sobre tela, 66 x 81,3 cm


Estatua con dos jorrones, 1908, óleo sobre tela, 65 x 81 cm


La playa de Sainte-Adresse, 1907, óleo sobre tela, 60,3 x 73 cm


El pavo real, ilastración del Bestiário o Cortejo de Orfeo, de Guillaume Apollinaire, 1910-1911, xilogravura, 55,2 x 42 cm


Paisage de Vence, 1908, óleo sobre tela, 65 x 81 cm


La playa de Sainte-Adresse, 1906, óleo sobre tela, 76 x 97 cm


Malvaviscos, 1917, cetim de seda e algodão estampado, 148 x 130,5 cm


Puero con velero, Homenaje a Claudio de Lorena, 1935, óleo sobre tela, 89 x 113 cm


Naturaleza muerta con torre blanca, 1913-1947, óleo sobre tela, 81 x 65 cm


Naturaleza muerta con violin. Homenaje a Bach, 1952, óleo sobre tela, 81 x 100 cm


Ventana abierta, Niza, 1928, óleo sobre tela, 65,1 x 53,7 cm


Retrato del artista, 1858, óleo sobre tela, 39 x 30 cm


La reja, 1930, óleo sobre tela, 130,2 x 162,5 cm

Fonte: Casa Vogue

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...