SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Moda e arte são tema de exposição em NY


Obras encantam visitantes do MAD Museum
Cadeira 3D por Let There Be Neon

Uma nova exposição (NYC Makers: The MAD Biennial) no Museum os Arts and Design, em Nova York, presta homenagem a comunidade criativa da cidade, incluindo não só os artistas e designers, mas também os artesãos que os ajudam a transformar suas visões em realidade.

Com uma seleção bem abrangente de mais de 100 participantes, incluindo nomes como Michele Oka Doner, Yoko Ono, Laurie Anderson, Gaetano Pesce, Lindsey Adelman e Jason Sapan, a exposição cobre disciplinas tão variadas, como vídeo, escultura, light design, vestuário, móveis e papel de parede. Apesar dos objetos na exposição serem de origens conceituais bem diferentes, um denominador comum é o respeito e a inspiração que todos tiveram pelas materialidades escolhidas.

Um dos destaques são os objetos de neon da Fosse Broadway Production/ Let There Be Neon, como uma cadeira amarela que brinca com a idéia de função: primeiro ao usar um material tão delicado como base para se sentar, e depois, ao dar a cadeira, normalmente usada para descansar o corpo, uma nova função de iluminar. Para a exposição, criaram também uma instalação site specific para o teto da galeria, dando movimento e um toque alegre ao espaço.

Biombo Fata Morgana, da artista Miriam Ellner

Sendo NovaYork a capital fashion americana, não é de surpreender que vestimentas conceituais sejam uma forte presença na exposição, e mais uma vez, materiais inusitados foram explorados. Fazendo uma conexão literal entre arte e moda, a artista Lika Volkova, do grupo BFAMFAPhd, usa telas de quadros rejeitados para criar casacos e outras peças como um gesto em favor da sustentabilidade, e que permite ao usuário vestir arte. A designer Sally Ann Parsons também soltou a imaginação com os materiais na criação do figurino para uma encenação de King’s Arthur’s Camelot, do Cincinnati Ballet. Usando materiais tão dispares como lã, correntes metálicas, couro, paetês e folhas de ouro, ela conseguiu dar a história medieval um look tão contemporâneo quanto as últimas tendências das passarelas de Tokyo.

Já o designer de vanguarda Shayne Oliver mostra como as virtuosas execuções de suas peças da linha Hood By Air, que misturam alta costura com street wear, criam um visual estruturado e futurístico.

As paredes do museu também não escaparam. Com o apoio da renomada Flavor Paper, do Brooklyn, o artista Dan Funderburgh executou o padrão Vigilant Floral, onde misturou imagens de câmeras de circuito fechado com motivos florais tradicionais, numa composição bastante inusitada. Já com o artista Carlos Benaim, a Flavor Paper ajudou a criar um papel de parede que, ao ser arranhado, libera um perfume, adicionando uma experiência sensorial à exposição.

E para não deixar dúvida de que a mostra celebra o espírito criativo de Nova York, estão presentes também três personalidades perpetuamente ligadas às artes e ao espírito de originalidade da cidade: Na primeira galeria da exposição, um telão mostra o vídeo de Yoko Ono Bad Dancer, pendurada embaixo da tela pintada durante o vídeo. Aos 80 anos, Yoko continua criando. As duas outras personalidades estão presentes postumamente: Jackie Onassis numa criação em vitrais do artista Joseph Cavalieri, e Andy Wharol, no holograma Wharoles de Jason Sapan.

NYC Makers: The MAD Biennial
Local: MAD: Museum of Arts and Design
Endereço: 2 Columbus Circle, New York, NY 10019
Data: até 12 de Outubro
Casacos feitos com tela de quadros pela designer Lika Volkova


Chapéus couture de Harriet Rosebud


Detalhe do biombo Fata Morgana da artista Miriam Ellner


Papel de parede Vigilant Floral, do artista Dan Funderburgh, executado pela companhia Flavor Paper


Echolocation headphones, do artista Aisen Caro Chacrin, para Sensory Pathways - Plastic Mind


Em primeiro plano, figurino de Sally Ann Parsons para Parsons-Meares Ltd; ao fundo, figurino da designer Sandra Woodall para a performance do Cincinnati Ballet


Figurino de Sally Ann Parsons para a Parsons-Meares Ltda, e da designer Sandra Woodall para a performance do Cincinnati Ballet


Instalação Motion2-Red, com manequins de Ralph Pucci


Vasos de vidro feitos à mão pelo artista Jeff Zimmerman


Galeria com instalações e peças feitas pela Let There Be Neon


Saturday Morning Store infláveis, da artista Misha Kahn
Instalação com vídeo e pintura Bad Dancer - Yoko Ono Plastic Ono Band


Vitral Jackie O in White, do artista Joseph Cavalieri

Fonte: Casa Vogue

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...