SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Conhece casais que criaram uma forma no mínimo curiosa de selar o amor, e também o compromisso de um para o outro, usando cadeados?



@ França Photography

Ah o amor! Já dá para sentir o cheiro das flores, visualizar os casais apaixonados sentados em cafés e jardins, trocas de carícias e juras eternas! Se tudo isso já é comum em dias habituais imagina no dia 12 de junho, dia em que se celebra o amor no Brasil!


Na Europa é assim em fevereiro, recheado de cartazes e slogans para comemorar a data mais romântica do ano! O dia de São Valentim, o padroeiro de amor. A história é antiga e surgiu na Idade Média, quando o bispo Velentim, lutava contra os rompantes do imperador Claudio II. Segundo o imperador, os solteiros eram melhores lutadores e por isso, havia proibido as cerimônias de casamento.

O bispo justiceiro, decidiu então, casar os casais apaixonados às escondidas e inclusive, reza a lenda que ele próprio teria se rendido ao amor e casado com sua amada. Até que chegou o dia em que as cerimônias foram descobertas e Valentim, condenado à morte. No entanto, antes de cumprir a sua sentença, o bispo escrevera uma carta à sua amada, na qual assinava como “Seu Valentim. O seu namorado”. A partir de então, o dia 14 de fevereiro, dia da morte do santo, tornou-se o dia de São Valentim, o padroeiro do Amor!


@ França Photography

Da Idade Média pra cá muita coisa mudou, porém o hábito de celebrar o amor, continua firme e forte e, na Europa, casais apaixonados de norte a sul, selam o dia com muito romantismo e cadeados! Sim cadeados.

Paris, Veneza, Verona, Amsterdam, são apenas algumas cidades românticas não apenas pela beleza de suas paisagens, pelos belos cafés ao ar livre e pelos cenários convidativos para uma fotografia a dois. Nesses destinos e muitos outros espalhados pela Europa, os casais criaram uma forma no mínimo curiosa de selar o amor e também, o compromisso de um para o outro, usando cadeados.

Mas esses, não são cadeados comuns, são cadeados que recebem, datas, nomes e até declarações escritas em letras minúsculas, criadas por casais apaixonados. Após o registro ser feito os pombinhos juntos, literalmente trancam o cadeado nas conhecidas como, “pontes do amor”, e a chave é lançada no rio, para que o amor que um sente pelo outro, jamais se desfaça.

E assim, de cadeado em cadeado, a Pont des Arts (Ponte dos Cadeados), em Paris, ganha a cada dia uma decoração nova, emoldurada por palavras melosas e promessas de amor eterno, ou pelo menos, até que um dia, alguém possa encontrar a chave no fundo do rio e abrir o cadeado.


@ França Photography

Gostou da ideia, mas não sabe onde trancar o seu cadeado do amor? Paris, Bruges, Cracóvia, Verona, Florença, Amsterdam e até Dublin são palcos para os cadeados. Vamos listar abaixo alguns dos destinos mais procurados, mas o fato é que o costume tem se espalhado pelo mundo e já se tem notícia dos cadeados românticos até mesmo no Brasil.



Leia mais: http://www.e-dublin.com.br/valentines-day-o-dia-dos-namorados-na-europa/#ixzz34AGs8vtt

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...