SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Os melhores destinos para visitar em 2014


Natureza, aventura e cultura são tendência!

O início de um ano é sempre emocionante: uma agenda em branco a preencher, um passaporte pronto para ser carimbado, novos hotéis a descobrir e um infinito de belas paisagens a admirar. Abaixo estão dez destinos inusitados e aventureiros que são a tendência de turismo para o ano de 2014. Prepare-se para uma seleção de lugares paradisíacos e viagens cheias de glamour e aventura que, com certeza, serão tema de histórias para o resto da vida. Que tal?


Myanmar
Quando dominaram o país, os ingleses o nomearam de Birmânia graças à tribo Bamar. Após a partida deles, o antigo nome voltou para desvincular o lugar dos tempos coloniais. Estando em Myanmar, a primeira parada obrigatória é Rangum, a capital do país. O lugar tem uma diversidade cultural impressionante, com influências da Inglaterra, da China, e da Índia, tanto na arquitetura quanto na gastronomia. No quesito espiritualidade Bamar é a capital absoluta no país. Por lá, mais de dois mil pagodes e templos desenham uma maravilhosa paisagem que, mesmo sem fotos, ficará registrada na memória para sempre.


Índia
Todo o encanto e misticismo do país se revelam no romantismo do Taj Mahal, na sensualidade dos templos de Khajuraho e na espiritualidade encarnada em Madurai. Por todos os lados, paisagens idílicas evocam a época dos lendários marajás. O clima de sonho fica completo pela música típica, cheia de sons viciantes que remontam séculos de tradição. O mesmo acontece com as belas vestimentas, que beiram a perfeição no estado do Rajastão. Por lá, se estiver em busca do lado selvagem da Índia, o destino certo é a pousada Banjaar Tola, no Parque Nacional Kanha. Para aqueles que procuram conforto e luxo, o Jai Mahal Palace, em Jaipur, transformará as lembranças da viagem nas mais lindas do ano inteiro.


Patagônia
Na zona austral das Américas existe um lugar perfeito para quem quer se cercar pelas maravilhas da natureza. Dentre as belezas infinitas da Patagônia, a cidade de Calafate é uma parada obrigatória. É lá que fica o Parque Nacional Los Glaciares, que guarda tesouros deslumbrantes como o glaciar Perito Moreno. Mas nada se compara ao ápice de formosura de Ushuaia, a autodenominada capital do fim do mundo. O destino pode ser remoto, mas a experiência é tão fantástica que marca para sempre a vida daqueles que o visitaram.


Islândia
O país é comumente lembrado por sua capital Reykjavík, a exuberante Lagoa Azul e por ser a terra nativa dos mundialmente famosos Björk e Sigur Rós. Além disso, a Islândia é um paraíso para aventureiros e fotógrafos. A região tem um milhão de atrações, como piscinas de lama borbulhante, fiordes e gêiseres em erupção, geleiras e cachoeiras, vulcões que inspiraram Julio Verne, cavalos selvagens e criaturas místicas. Isso sem falar na aurora boreal que pode ser vista ao longo do ano todo – apesar de ser mais fácil testemunhá-la nas noites mais escuras entre setembro e março. Esta ilha européia de 103 mil km² e 320 mil habitantes reúne atrações naturais que dificilmente serão encontrados em algum outro lugar do planeta.


Turquia
Istambul já foi a capital de três impérios: o Romano, o Bizantino e o Otomano. Não há como ignorar que a cidade tem história de sobra para seduzir qualquer visitante. Isso sem falar nas belezas naturais. A vista do Corvo de Ouro e o estreito de Bósforo, que liga o mar Negro ao mar de Mármara, são paradas essenciais. Visitar Santa Sofia e a Mesquita Azul, pechinchar no mercado e ver o que restou do império Otomano no Palácio Topkapi são coisas que todo viajante precisa fazer pelo menos uma vez na vida. Mas é no coração da Turquia que fica escondida a joia mais preciosa: a Capadócia. Acidade antiga formada de cavernas de pedra só rivaliza com os famosos passeios de balão.


Chicago
Frank Lloyd Wright, Daniel Burnham, John Root, Louis Sullivan y Mies van der Rohe são alguns dos maestros que renovaram a cidade após o grande incêndio de 1871. Hoje, descobrir essa cidade fascinante é uma experiência inigualável para os amantes da arquitetura. Uma boa forma de admirar os maravilhosos edifícios do local, como a Sears Tower, a Trump International Hotel and Tower e o John Hancock Center é fazer um delicioso passeio de barco pelo rio Michigan. Sem dúvida, uma jornada cativante.


Marrocos
A terra dos Berberes ou Imazighen (homens da terra) é uma mix de sensações, uma explosão de cores, texturas e culturas. Entre as mais importantes e cativantes obras da arquitetura e decoração se encontram as mesquitas, ruínas e palácios, como o Palácio Real, o mausoléu de Mohammed V e a Kasbah dos Oudaias. Seja em Fez, Essaouira ou Chauen, é possível se deliciar com chá de menta enquanto se observa a agitação dos artesãos trabalhando o cobre e as negociações dos comerciantes. Por outro lado, não existe uma experiência mais marcante e indescritível que uma estadia nos portões do deserto. Eles se encontram a caminho de Ouarzazate, onde é possível descobrir paisagens saarianas com dunas de tirar o fôlego, acampamentos nômades e pequenas aldeias isoladas. No Marrocos é possível – e irresistível – recorrer ao clichê e passear de camelo.


Yucatán
Mérida, a cidade branca, é considerada a mais segura e com a melhor qualidade de vida de todo o México. É possível admirar, em seus arredores, luxuosas fazendas dentre as quais muitas foram transformadas em suntuosos hotéis boutique. Perto de Yucatán encontra-se a Reserva da Biosfera Ría Celestún com uma imensa variedade de fauna e flora, selvas, mangues e espécies como o tamanduá-bandeira e o flamingo-rosado. Outra parada obrigatória é o Chichén Itzá, um centro religioso da antiga civilização Maia.


Maldivas
No meio do oceano Índico, ao sul da Índia, ficam as águas mais cristalinas e fantasiosas que os olhos humanos já contemplaram. Cercados por tons de azul e de turquesa estão deslumbrantes barreiras de coral e longos bancos de areia alva. As maldivas são um conjunto de quase 1.200 ilhas de coral distribuídas em 26 grandes atóis. De todas elas, apenas 202 estão habitadas e 87 são abertas ao turismo. Nos antigos relatos de Marco Polo, ele já descrevia o arquipélago como a “flor das Índias” cujo verdadeiro nome em sânscrito significa “coroa de flores”. As Maldivas são um paraíso para quem quer mimar todos os cinco sentidos.


Uganda
Winston Churchill descrevia o país como a Pérola da África, pois ele concentra a essência de todo o continente. Lá ficam as Montanhas da Lua e o Parque Nacional dos Montes Rwenzori, cujos segredos e magia somente são conhecidos pelos povos pigmeus Batwa e Bokongo. A Uganda conta com a maior concentração de primatas da Terra, incluindo o gorila da montanha, que vive na selva fechada do país. O melhor lugar para observação desse animal é o Parque Nacional de Bwindi, onde vivem mais de 300 exemplares. A vida natural da Uganda torna o lugar ideal para um emocionante safári.

* Matéria originalmente publicada em AD México.

Um comentário:

Anônimo disse...

Muito bacana !

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...