SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

sábado, 26 de outubro de 2013

Picasso, veja livros sobre o pintor!


Nascido em Málaga, no dia 25 de outubro de 1881, Pablo Picasso se interessou pela arte aos sete anos, quando recebeu orientações de seu pai, José Ruiz y Blasco, pintor naturalista especialista em pássaros e professor de arte.

Editor da BBC escreve manual para ensinar a 'decifrar' a arte moderna

O pintor é considerado uma das maiores influências da arte no século 20. Entre suas obras, destacam-se: "Ciência e Caridade", "As Senhoritas de Avignon", "Natureza Morta Dentro de uma Paisagem" e "Guernica".

Monte sua estante com obras sobre Pablo Picasso
Divulgação
"Autorretrato" (foto), do espanhol Pablo Picasso, é de 1972 e feito com lápis preto e lápis de cor sobre papel


Para quem deseja ver as obras do pintor de perto, o "Guia Visual Paris" oferece as opções percorrer todas as fases de Picasso. Abaixo, veja o que o Musée Picasso oferece.

*

Musée Picasso

Com a morte do artista espanhol Pablo Picasso (1881-1973), que viveu a maior parte da vida na França, o governo francês recebeu muitas de suas obras no lugar do pagamento de impostos. Elas foram reunidas no museu Picasso, inaugurado em 1985 em uma mansão do século 17, o Hotel Salé, no Marais. As características originais do hotel, erguido em 1656 para Aubert de Fontenay, coletor de impostos sobre o sal (salé quer dizer "salgado"), foram preservadas. As obras do acervo refletem a extensão do desenvolvimento artístico de Picasso, incluídas as fases azul, rosa e cubista. Grande parte do acervo estará emprestado entre 2010 e 2011, mas há exposições temporárias frequentemente.

Guia do Museu

O acervo está exposto em ordem cronológica, começando pelas obras das fases azul e rosa, cubista e neo clássicas, no primeiro andar. A exposição muda de tempos em tempos - nenhuma delas mostra todas as obras juntas. No térreo há um jardim com esculturas e trabalhos do final dos anos 1920 aos anos 1930, e de meados da década de 1950 até 1973.

Picasso e a Espanha

Após uma última visita em 1934, Picasso nunca mais voltou a sua terra natal, em protesto contra o regime do general Franco. Mas no tempo em que viveu na França, usou temas espanhóis em sua arte, como o touro (às vezes na forma de minotauro) e a guitarra, que ele associava à sua infância na Andaluzia.

Texto baseado em informações fornecidas pela editora/distribuidora da obra.
Fonte: Folha de São Paulo - Livraria

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...