SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

NY vê surrealismo de Magritte


MoMA enfoca a obra do belga nos anos 20 e 30

Le Faux Miroir (O Espelho Falso), 1929

Fãs do surrealismo prêt-a-porter, animai-vos! Até o dia 12 de janeiro de 2014, o MoMA (Museum of Modern Art) de Nova York realiza exposição dedicada inteiramente ao belga René Magritte (1898-1967). Magritte: The Mystery of the Ordinary, 1926–1938, enfoca o trabalho inovador realizado pelo artista entre 1926 e 1938, época durante a qual esteve alinhado com o referido movimento artístico do surrealismo.

Sob curadoria de Anne Umland e Danielle Johnson, integram a mostra cerca de 80 obras entre pinturas, colagens, objetos, fotografias e publicações. A seleção serve para exemplificar as técnicas desenvolvidas por Magritte com o objetivo de desconstruir o familiar. O artista retratava de forma inusitada objetos considerados cotidianos com o objetivo de subverter o racionalismo opressivo da sociedade burguesa, cujo enfrentamento era um dos principais motes do surrealismo.

A exposição organiza-se segundo uma ordem cronológica, a começar com pinturas e colagens feitas em Bruxelas nos anos de 1926 e 1927, continuando com as obras criadas em Paris entre 1927 e 1930, e chegando, finalmente, à produção de 1938. Trata-se de um ano simbólico para Magritte, marcado que foi pela palestra La Ligne de vie (“Linha de vida”), um relato autobiográfico de sua carreira como surrealista.

Magritte: The Mystery of the Ordinary oferece uma oportunidade rara de testemunhar uma das fases iniciais da carreira do renomado artista belga.

Magritte: The Mystery of the Ordinary, 1926–1938
Local: MoMA
Endereço: 11 W 53rd St, Nova York
Data: até 12 de janeiro de 2014
La Trahison des Images (A Traição das Imagens), 1929


Le Portrait (O Retrato), 1935


L'Assassin Menacé (O Assassino Ameaçado), 1927


La Condition Humaine (A Condição Humana), 1933


La Reproduction Interdite (A Reprodução Interditada), 1937


La Clef des Songes (A Chave dos Sonhos), 1935


Les Amants (Os Amantes), 1928


La Durée Poignardée (O Tempo Esfaqueado), 1938


La Clairvoyance (A Clarividência), 1936
Fonte: Casa Vogue

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...