SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

domingo, 30 de setembro de 2012

Top 10: prédios mais coloridos do mundo


Formas, volumes, traços, função e beleza - muitos são os elementos que compõem a arquitetura. A cor, entretanto, é quase sempre aquele sobre o qual as pessoas mais comentam, seja pela alegria que transmite, seja por promover uma quebra com o panorama monótono e opaco das cidades contemporâneas. Confira abaixo 10 edifícios que são verdadeiros arco-íris!


1. ARoS Aarhus Kunstmuseum, Aarhus, Dinamarca
Autor: Schmidt Hammer Lassen Architects
Situado no topo do principal museu de Aarhus, a segunda maior cidade da Dinamarca, o volume circular tem uma combinação de fechamentos de vidros coloridos que produzem diferentes efeitos cromáticos e de luz, tanto para quem está dentro dele quanto para quem está fora.
_________________________________________________________________________


2. Sugamo Shinkin Bank, Shimura Branch, Tóquio, Japão
Autor: Emmanuelle Moureaux
As placas horizontais que compõem a fachada desta agência bancária em Tóquio são revestidas com painéis luminosos que, durante o dia, exibem uma delicada combinação cromática, e, à noite, um vigoroso jogo de luz e cor.
_________________________________________________________________________


3. L’École Maternelle de la rue Pajol, Paris
Autor: Palatre et Leclere Architectes
As crianças desta escola infantil parisiense têm motivos de sobra para se divertir durante o horário de aula. Além das dependências terem toda a estrutura necessária para a educação e recreação, elas são inteiramente alegres, com as mais diferentes cores que existem.
_________________________________________________________________________


4. Arc en Ciel, Bordeaux, França
Autor: Agence Bernard Bühler
A forma cilíndrica deste edifício foi a solução encontrada pelo arquiteto Bernard Bühler para obter o máximo aproveitamento do lote. Mas o que mais chama atenção na construção é a fachada revestida com painéis pivotantes de vidro multicolorido, que protegem os corredores que circundam o perímetro da construção.
_________________________________________________________________________



5. The Saguaro Hotel, Palm Springs, Califórnia, EUA
Autor: Peter Stamberg e Paul Aferiat Architects
Cada um dos blocos que compõem o hotel são pintados de uma cor. Mas a diversidade cromática vai além, e determina a decoração dos espaços internos e dos acessórios que circundam a piscina e as demais áreas de lazer.
_________________________________________________________________________


6. Fine Arts Center, Edcouch-Elsa, Texas, EUA
Autor: Kell Muñoz Architects
Situado à beira de uma rodovia, o centro cultural, quando visto à distância, lembra uma fábrica. Um olhar mais atento, porém, revela a função da construção dedicada à exposição de distintas formas de artes plásticas. As faixas coloridas em degradê de sua fachada principal parecem se abrir como se fossem abas, porém, são fixas.
_________________________________________________________________________



7. Mercado de Flores, Barcelona
Autor: Willy Müller Architects
Fora do circuito turístico de Barcelona, o mercado de flores é revestido por uma seqüência de ripas coloridas. São centenas de linhas com distintos tons cromáticos, que seguem em faixas irregulares por toda a fachada do imenso edifício dedicado à venda, em atacado, de flores e plantas.
_________________________________________________________________________



8. Museu de Arte Contemporânea de Castilla y León, León, Espanha
Autor: Luis M. Mansilla and Emilio Tuñón
Painéis de vidro colorido revestem a fachada do museu. O restante da construção é feita de concreto aparente, material que impõe elegância ao conjunto e complementa a divertida fachada do prédio de seis andares que se converteu em um dos principais pontos turísticos da cidade.
_________________________________________________________________________



9. Conjunto residencial Manzana Perforada, Madri
Autor: Amann-Canovas-Maruri
Manzana Perforada é um raro exemplo de conjunto habitacional que consegue ter, a um baixo custo, beleza e funcionalidade. Organizado ao redor de um pátio interno, o edifício estrutura-se em concreto, mantendo a área comum totalmente aberta, e revestindo com chapas metálicas de cores diferentes cada uma das unidades residenciais.
_________________________________________________________________________



10. The Rainbow School, Los Angeles, Califórnia, EUA
Autor: DLR Group
A arquitetura da escola particular situada nos arredores de Los Angeles aposta não apenas na diversidade de cores, mas também na de formas. A estrutura de metal libera espaço para uma distribuição irregular de fechamentos externos, tanto nas faces voltadas para as quadras poliesportivas, quanto para a fachada voltada para a rua.

Fonte: Casa Vogue

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...