SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

O que é folclore?










"O folclore diz respeito à vida de cada um de nós, já que pertencemos a grupos sociais que levam adiante costumes, saberes e valores. Da mais simples receita culinária ao mais complexo ritual de casamento, tudo é compartilhado por um grupo e levado adiante com o passar do tempo e das gerações. Isso acontece somente por uma razão: essas tradições continuam a fazer sentido, inclusive para os mais jovens."






A revista Nova Escola deste mês trouxe um Quiz interessante sobre o tema folclore, que é comemorado no dia 22 de agosto através do calendário escolar, muitas pessoas acreditam que o folclore se limita às lendas, o que resulta em um grave erro de informação. Folclore é um gênero de cultura de origem popular, constituído pelos costumes e tradições populares transmitidos de geração em geração. Por isso, caros amigos, façam o Quiz e irão gostar do resultado. Endereço do site: www.ne.org.br


RECOMENDO A LEITURA!
Foi lançado ano passado, em São Paulo, o livro Marysia Portinari- A Invenção da Memória, de autoria de Jacob Klintowitz. A publicação faz parte da série –“Resgatando a Cultura”, projeto do Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural” que contribui com a educação, inclusão social, cultural e geração de renda para jovens com deficiência intelectual. A receita gerada com a comercialização do livro foi revertida para as Oficinas de Arte do Instituto. O belo livro reúne e documenta a obra de Marysia nos seus cinquenta anos dedicados à arte e apresenta ao público sua história e seu trabalho. Além da reprodução de suas obras, há trechos de críticas, depoimentos, correspondências inéditas e históricas de Carlos Drummond de Andrade, Cândido Portinari, Manuel Bandeira e muitos outros.
Marysia Portinari nasceu em 1937, em Araçatuba. Começou a pintar na década de 50. Estudou no Museu de Arte de São Paulo com Waldemar da Costa e Flávio Mota, sempre sob a orientação de Candido Portinari, seu tio. Marysia começou pintando cenas rurais típicas do interior de São Paulo, fazendo do universo infantil seu tema recorrente nesta época. Participou de mais de cinquenta exposições em vários países.
A pintora Marysia Portinari está com mais de 71 anos e fala com muito humor sobre esta fase começa citando Shakespeare: Hamlet fala para a mãe dele “Na sua idade a razão fala mais alto do que o coração”.
Então, a gente tem mais tranquilidade para fazer as coisas. Quando se é mais jovem o coração fala mais alto. Os sentidos, as emoções falam mais alto. Na idade da gente a razão vem em primeiro lugar. Então mudam os conceitos. Tem seus defeitos, lógico. De protagonista principal você passa a ser coadjuvante, daqui a pouco começa a fazer figuração. Não tem aquela disposição de quando tinha 20, 30, 40. Eu tenho muita sorte porque tenho saúde boa, tenho uma disposição incrível. Eu nem lembro que tenho essa idade porque se eu começar a lembrar aí começo a falar, puxa, já estou com 71! Mas eu nem lembro, a gente trabalha tanto que não dá tempo de se preocupar com isso. O segredo é esse.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...